Planeta Reggae

Current track

Title

Artist


“KING” U-ROY FAZ 78 ANOS

Written by on 21 de setembro de 2020

Cantor jamaicano e pioneiro no reggae mais conhecido como U-Roy, chama-se Ewart Beckford, nascido em 21 de setembro de 1942, Jones Town, Kingston, Jamaica, é conhecido mundialmente pelo seu estilo melódico.

O apelido U-Roy originou por um membro da família mais jovem que não conseguia pronunciar o primeiro nome, Ewart sempre ouvia os cantores que sua família costumava ouvir  Louis Prima, James Brown, Ruth Brown, Fats Domino, Rufus Thomas, Smiley Lewise e foi influenciado pelo Louis Jordan (pioneiro americano de Jazz, Blues e Rhythm & Blues.

CARREIRA

U-Roy foi inspirado por Count Machuki, começou sua carreira profissional como DJ em 1961 no Sound System de Dickie Wong (Doctor Dickies alterado mais tarde para Dickies Dynamic), posteriormente mudando para o Sound System Sir George the Atomic.

Ele também trabalhou com o Sound System Sir Coxsone Dodd e Hi-Fi de King Tubby’s. Seu primeiro single “Dynamic Fashion Way” em 1969 com produção de Keith Hudson e com o segundo single junto com Peter Tosh “Earth’s Rightful Ruler” com produção de Lee “Scratch” Perry.

Em 1970, John Holt ouviu U-Roy cantando uma faixa do Duke Reid em um baile, e Holt contou a Reid sobre a apresentação de U-Roy. Após alguns dias Reid pediu para U-Roy ir até Reid, e com um contrato informal de gravação foi lançados dois singles pelo selo Treasure Isle, “Wake the Town” (1970) e “Wear You to the Ball” (1970), foram sucessos jamaicano e receberam a reputação como mais populares da Jamaica.

U-Roy também trabalhou com outros artistas da ilha, incluindo Bunny Lee, Phil Pratt, Sonia Pottinger, Rupie Edwards e Lloyd Daley. Já em 1971 teve o lançamento da versão “The Tide is High” pelo DJ de The Paragons.

Em 1972 fez sua primeira turnê no Reino Unido com o Roy Shirley e Max Romeo, que foi organizada por Rita e Benny King, proprietários da R&B Records com sede em Stamford Hill, Londres. Em 1975, o álbum Dread in a Babylon foi lançado nos EUA, Europa e Jamaica pela Virgin Records, alcançou vendas significativas no Reino Unido com a expansão contínua do Selo e das lojas Virgin.

A faixa “Runaway Girl” do álbum Dread in a Babylon foi lançada como single na Europa no mesmo ano (1975), e com o sucesso encadeou uma série de álbuns produzidos por Tony Robinson: Natty Rebel (1976), Rasta Ambassador (1977) e Jah Son of Africa (1978). Com a popularidade internacional do álbum Natty Rebel, também foi lançado no Selo Front Line do Virgins na Nigéria, na França pela Virgin e Polydor.

Em 1978, U-Roy começou seu próprio sistema de som, no qual deu o nome de Stur Gav, homenagem a seus filhos, e também lançou diversos artistas mais jovens incluindo Ranking Joe, Jah Screw, Charlie Chaplin e Josey Wales.

U-Roy participou do álbum True Love de Toots and the Maytals, que ganhou o prêmio Grammy em 2004, como o melhor álbum de reggae e apresentou muitos artistas novos, Willie Nelson, Eric Clapton, Jeff Beck, Trey Anastasio, Gwen Stefani, Ben Harper, Bonnie Raitt, Manu Chao, The Roots, Ryan Adams, Keith Richards, Toots Hibbert, Paul Douglas, Jackie Jackson, Ken Boothe e The Skatalites.

Em 2007, ele foi recebeu a Ordem de Distinção do governo jamaicano por sua contribuição para a música.

RASTAFARIANISMO NAS LETRAS

O rastafarianismo tem sido uma característica das letras de Beckford, desde seus primeiros singles até seu último álbum, Pray Fi Di People . O segundo single de Beckford “Earth’s Rightful Ruler” (1969) abre com uma profissão de fé rastafari dada na língua etíope amárico:

Kibir amlak (Glória a Jah)
Qedamawi ras fetari (Primeiro criador)
Qedamawi iyesus kristos (Santo Jesus Cristo)
Lebdama mabrak isad
Tenayistilgn (Saudações)

“Joyful Locks” (1975) de U-Roy é uma versão DJ de “Don’t Cut Off Your Dreadlocks” de Linval Thompson, um incentivo para que outros mantenham seus dreadlocks e “deixem crescer”. A canção original e a versão do DJ de U-Roy aludem ao Sansão bíblico que, como nazireu, deveria fazer certos votos religiosos, incluindo o tratamento ritual de seu cabelo, conforme descrito no Capítulo Seis do Livro dos Números:

“Todos os dias do voto de sua separação, navalha não cairá sobre sua cabeça: até que se cumpram os dias, nos quais ele se separou para o Senhor, será santo, e deixará as mechas dos cabelos de sua cabeça crescer”.

DISCOGRAFIA

  • Version Galore (1970)
  • Version Galore Vol 2 (1972)
  • U Roy (1974)
  • Dread in a Babylon (1975) – produced by Prince Tony Robinson
  • Natty Rebel (1976)
  • The Best of U Roy (1976)
  • Right Time Rockers-The Lost Album (1976)
  • African Roots (1976)
  • Rasta Ambassador (1977)
  • Jah Son of Africa (1978)
  • With Words of Wisdom (1979)
  • The Originator (1980)
  • Love Gamble (1980)
  • Line Up And Come (1986)
  • True Born African (1991) – produced by Mad Professor
  • Smile A While (1993) – produced by Mad Professor
  • Babylon Kingdom Must Fall (1996) – produced by Mad Professor
  • Reggae Live Sessions Vol-1 (1998)
  • Serious Matter (2000)
  • Now (2001) – produced by Guillaume Bougard/Pierre Simonin
  • Rebel in Styylle (2005) – Mediacom
  • Old School/New Rules (2007) – produced by Mad Professor
  • Pray Fi Di People (2012) – produced by Ewart Beckford
  • Talking Roots (2018) – produced by Mad Professor

Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *